Quinta das Bágeiras Garrafeira Branco
  • Quinta das Bágeiras Garrafeira Branco - 2002
  • Origem: Bairrada- Portugal
  • Produtor: Quinta das Bágeiras
  • Tipo: Branco
  • Uva: Maria Gomes e Bical
  • Degustador: Pollyana Gomes
  • Degustado em: julho/2017
  • Nota: 93

Em 2010, eu e algumas amigas visitamos a vinícola Quinta das Bágeiras, na região de Fogueira, na Bairrada/Portugal. Perguntamos ao proprietário e enólogo Mário Sérgio Nuno se esse vinho poderia ser bebido em 2017, ele disse que acreditava que esse vinho teria potencial para tal, mas como a safra 2002 era o segundo Garrafeira Branco dele, ele não podia afirmar com certeza... e resolvemos apostar!

O produtor utilizou duas variedades de uvas autóctones de Portugal nesse vinho: Bical e Maria Gomes, oriundas de vinhas com mais de 70 anos na época. A fermentação do mosto aconteceu de forma espontânea, em tonéis de carvalho avinhados. O vinho não foi filtrado, não sofreu colagem e nem foi estabilizado, para melhor preservar todas suas qualidades.

Devido aos seus 15 anos, o vinho exibiu uma coloração amarela dourada e riqueza de notas desde o momento da abertura da garrafa: mel, carvalho, amêndoas, casca de laranja e especiarias doces. Na boca apresentou grande corpo, saborosa untuosidade e ainda com boa acidez! Claro que o retrogosto foi longo! À medida que o vinho respirava na taça, foi mostrando outras notas como marmelada (lembram aquela da latinha da Cica?), pimenta branca e doce de casca de limão cristalizado. Beber esse vinho com 5 a 9 anos é muito bom, mas essa experiência de bebe-lo com 15 anos foi fantástica! Ficamos com um pouco de receio em aguardar tanto, pois a safra de 2002, não foi considerada boa como um todo para essa região. Ficamos muitíssimo bem surpreendidas com o vinho! Valeu a pena esperar!

Indique um amigo
Portugal
Portugal