• Artigos

  • Relatos

  • Dicas e
    curiosidades

  • Eventos

  • Dicas de
    viagem

Betim Maratona de Vinhos

//::

Nesta degustação, confrontamos às cegas um vinho de cada país de acordo com configurações idênticas. Foram degustados três CSauvignon, três Merlot e três cortes.
Procuramos vinhos de uma mesma faixa de preço no mercado nacional.
Os vinhos foram os seguintes:

Corte: Salton Talento 2002 – Petit Fleur 2003 – Escudo Rojo 2002
Merlot : Pizato Reserva 2002 – Luigi Bosca Reserva 2002- Casa Rivas Reserva 2002
Cabernet Sauvignon: - Miolo Quintas do Seival 2004 - Ruca Malen 2001 – Marques de Casa Concha 2002


Os vinhos foram servidos às cegas, três a três, dentro de uma mesma configuração.

Todos os degustadores identificaram, sem qualquer duvida, qual o trio era corte, qual o trio de Merlot e consequentemente qual o trio de Cabernet Sauvignon.

Dentro de cada catregoria, a classificação foi a seguinte, a partir das medias das notas dos degustadores, sendo que a maior e a menor notas foram excluídas.

Corte – 3º Escudo Rojo Media 74,80 2º Petite Fleur Media 76,80 1º Salton Talento 78,80

Merlot - 3º Pizzato Media 70,40 – 2º Luigi Bosca 70,6 - 1º Casa Rivas Media 72,60


Cabernet Sauvignon - 3º Marques de Casa Concha Media 73,40 – 2º Ruca Malen 81,40 1º Quintas do Seival Media 84,20

Ou seja, a classificação geral da noite foi:

1º - Quintas do Seival
2º - Ruca Malen
3º - Talento
4º - Petite Fleur
5º - Escudo Rojo
6º - Marques de Casa Concha
7º - Casa Rivas
8º - Luigi Bosca
9º - Pizzato

Havíamos acertado que para o primeiro lugar seria dado três pontos, para o segundo dois e para o terceiro um ponto.

Desta forma, o Brasil ficou com 7 pontos ( 3 + 3 + 1 ), a Argentina ficou com 6 pontos ( 2+2+2) e o Chile com 5 pontos ( 1+3+1)
Para os degustadores do Belo Vinho, o resultado da noite, representou uma surpresa e uma derrubada de mitos. A vitória do Quinta do Seival ( nesta amostra ), bem como a vitória do Brasil no desafio ( nesta amostra e dentro de um critério específico de pontuação ), representam uma surpresa e um aprendizado. Isto se dá, principalmente, para um grupo que entrou para este desafio com a “quase certeza” que nossos vinhos ganhariam um “honroso terceiro lugar”. Vivendo e aprendendo, e principalmente derrubando mitos. Resultados como estes me fazem, cada vez mais, valorizar e apreciar as degustações às cegas.
  • Rex Bibendi
  • Enoteca Decanter
  • Vinho Site