• Artigos

  • Relatos

  • Dicas e
    curiosidades

  • Eventos

  • Dicas de
    viagem

Espanha: um passeio com Aristóteles e Epicuro.

25/06/2012::Christovão de Oliveira Júnior

A Escola Peripatética foi um círculo filosófico grego, do qual o expoente maior foi Aristóteles que ensinava caminhando. Ele caminhava lentamente ao redor de seu Liceu, ensinando a seus alunos que ficaram conhecidos como Peripatéticos.

O ensino, de forma brilhante, através de um belo passeio por diversas regiões de Espanha foi o foco da Degustation’s Series Um Passeio pela Espanha Vinícola que Gerson Lopes e a Adega do Mercado ofereceram no último 29 de Maio/2012. Vinhos de onze diferentes regiões foram servidos ao grupo de privilegiados aprendizes que puderam fazer um tour pelas principais regiões vinícolas da Espanha.

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Enquanto degustávamos os vinhos Gerson Lopes discorria sobre todos os principais detalhes das regiões falando sobre uvas, terroirs, produtores e vinhos. Como as degustações desta série de eventos não param de trazer novidades, desta vez foi oferecida aos participantes uma apostila digital com os mais recentes dados e mapas sobre a Espanha vitivinícola.

Clique para ampliar

Os vinhos servidos foram (clicar neles para ver a avaliação):

O conjunto vinhos/apostilas/fichas técnicas e apresentação foram mais do que suficientes para dar uma bela amostra do porque de a Espanha ser considerada como “a estrela ascendente do mundo vinho” por Robert Parker e também “a bola da vez no mundo dos vinhos” por grande parte da crítica. Além disso, atendeu de forma brilhante ao propósito de Gérson Lopes e sua Degustation’s Series que é provar que “o prazer é maior quanto mais se conhece”.

Epicuro foi um filósofo grego para o qual o fim supremo da vida é o prazer. Para ele o bem maior era a procura do prazer moderado para se atingir um estado de tranquilidade e de libertação. Para ele o homem precisa de três coisas na vida: liberdade, amizade e tempo para filosofar.

Porque citar Epicuro neste relato? O fim do evento foi uma verdadeira honra ao epicurismo. Como já foi dito que a cada reunião desta série uma novidade é apresentada, desta vez Gerson decidiu fazer uma harmonização entre chocolates e um Pedro Ximenez. O vinho foi (clicar nele para ver a avaliação):

E para acompanhar este néctar, a escolha foram diversos chocolates da Fusion du Chocolat (www.fusionduchocolat.com.br site brevemente no ar). A loja fica na Rua Angostura, 282 e o telefone é 3327-4428.

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Os chocolates escolhidos foram:

  • Flor de limão siciliano no chocolate belga meio amargo
  • Flor de sal no chocolate belga meio amargo
  • Palhetas de amêndoas torreifadas
  • Esfera de alecrim com ganache de alecrim fresco
  • Esferas de manjericão
  • Quadrado maciço de chocolate belga meio amargo

Os diversos chocolates combinaram de formas extravagantes e extremamente saborosas com o vinho que tinha uma acidez especial capaz de se integrar de uma forma espetacular com os chocolates.

Clique para ampliar

Não posso deixar de citar que boa parte do sucesso do evento deve-se ao serviço competente e à presença amiga do Guido e do Nelton, dois dos mais competentes profissionais do vinho em BH e peças importantes da Adega do Mercado, Royal Vinhos e Enoteca Decanter.

Esta harmonização foi, realmente, um final de ouro para uma degustação mais do que especial.

Na saída era impossível deixar de dizer: viva o prazer, viva o conhecimento e viva a amizade!

 

  • Rex Bibendi
  • Enoteca Decanter
  • Vinho Site